Páginas

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

4 de fevereiro.



Esmalte rosa, sobrancelha tirada, cabelo grande e querendo emagrecer “ficar gostosa” isso é tudo que eu nunca fui, mas sou. Namorado ao lado, amigos próximos meio afastados, fugas, calça justa. All Star colocado de lado e salto ou rasteirinhas no seu lugar. É tudo tão estranho.
Quem eu era e quem eu sou?
Estou confusa e o que mais parece comigo é meu guarda roupa: Bagunçado, fora do lugar. As roupas estão misturadas e parecem gritar que o lugar delas não é ali.
Que merda!
Eu estou tão cheia de nada, parece tudo tão errado. E não consigo mais dormir direito.
Eu era a menininha que não se importava com nada, sentava em qualquer lugar. A menina do delineador, bandanas e sorrisos.
E agora? Eu não sei. E também não sei se desgosto.